Translate

quinta-feira, 28 de maio de 2015

08 - Astrologia, Medicina e Espiritismo



A fase de astrologia foi uma brilhante fase do passado da humanidade, em que havia uma orientação natural positiva e todos viviam equilibrados.
Foi a fase em que prevalecia o  alfabeto astrológico, gravado nas palmas das mãos, bem diferente deste que usamos, o alfabeto artificial, que é baseado em símbolos artificiais: letras e algarismos.


Mas, este alfabeto, com base nos planetas e nos signos, foi desvirtuado e a humanidade entrou na fase das experiências, e teve que ser socorrida pelo Mundo Espiritual, até encontrarmos a fase Racional, do Terceiro Milênio.
"Por o ser humano ser um centro astrológico, é que, com o tempo, tinha que chegar à conclusão de encontrar em si mesmo a IMUNIZAÇÃO RACIONAL, e nela, o porta-voz da verdade das verdades, por a natureza dos viventes ser adequada à natureza que os fez", pois são formados por esta natureza, e por isso, dependem dela para viver, sendo então formados por sete partículas e dependerem delas".
A geração do corpo dos seres humanos, na classe de animal racional, que se tornou um vago bicho, é feita por um campo de energia biomagnético onde estão gravadas as informações referentes ao ser que vive em transformações, nascendo e morrendo e se aprimorando pelas lapidações da vida. Isso era confundido como se fosse um espírito. Espírito é uma outra classe de vida.
A medicina experimental, com base na arte humana, artificial, não pode acertar porque está desvirtuada do natural.


Quem vive no natural não adoece e não sofre, porque se conhece!